fbpx
capa do espetáculo

Zôo-ilógico

Temporada

de 01/01/2004 a 31/12/2004

Duração

50 minutos

Classificação

4 anos

A peça traz para os palcos uma prática fundamental para as crianças: o estímulo à criatividade! A partir do uso, e da transformação de simples objetos do cotidiano, desfilam pela cena mais de uma dezena de divertidas e inusitadas criaturas animadas: uma galinha feita com um bule e um espanador de pó, uma tartaruga composta por uma saladeira e uma colher, um gato simbolizado por uma peneira, entre tantas outras. É o que chamamos de “teatro com objetos”. Transformamos as coisas nos personagens de nosso enredo, do jeito que fazem as crianças. Quem nunca brincou de “espetar” a tampa da caneta em uma régua e brincar que aquilo é um o avião?

Tudo começa quando pai e filho resolvem fazer um piquenique no Zoológico. Ao encontrarem as portas do parque fechadas, o pai não se intimidará em criar, com muita criatividade, o seu zoológico particular, um presente ao filho. Bichos serão feitos de pratos, panos, garrafas, talheres e tudo o mais que estiver ao alcance de suas mãos. As nada comuns criaturas viverão situações cômicas ou poéticas. Estará criado o Zôo-ilógico, possível na imaginação de todos. E aberto, sempre!

Ficha Técnica

Autoria e produção

Henrique Sitchin

Elenco

Gabriel Sitchin e Rogério Uchoas

Operador de som e iluminação

Thiago Uchoas

Direção

Verônica Gerchman

Acesso Rápido

COMPRE SEU INGRESSO ONLINE

ATENDIMENTO E BILHETERIA

TELEVENDAS

DESCONTOS

GRUPOS, PROJETOS, ESCOLAS E EVENTOS

PROTOCOLOS

Acesso rápido

COMPRE SEU INGRESSO ONLINE

ATENDIMENTO E BILHETERIA

TELEVENDAS

DESCONTOS

GRUPOS, PROJETOS, ESCOLAS E EVENTOS

PROTOCOLOS

sobre a peça

Confira algumas imagens
do espetáculo